Decoração

13 Dicas para uma lavanderia top

julho 29, 2015

DECORAÇÃO

Eu sei que a cozinha tem sido o carro chefe de muitas postagens, mas isso não significa que abandonei o resto da turma. Hoje vamos falar da lavanderia, ambiente necessário para nosso bem estar e higiene, porém vamos admitir, não é exatamente o lugar mais divertido do mundo. 


Assim como a cozinha, a lavanderia precisa de soluções práticas e específicas e que devem ir ao encontro ao seu jeito de usá-la. Sabemos que a fama em lidar com o serviço sujo e pesado é eterno e desanimador, mas um projeto bem pensado, agradável e funcional pode limpar a barra desse mal visto ambiente, que no fundo, só quer mesmo fazer bem a sua parte.

Ao contrário das construções antigas, os espaços reservados para esta atividade nas moradias de hoje já não oferecem áreas com sobras de medidas e, portanto, necessitam de mais suor e criatividade para adaptar um pequeno espaço a todas as exigências do morador.

Então, vamos às dicas do dia:


01- A lavanderia deve ser iluminada, clara, organizada e limpa.


02- As atividades principais como lavar, secar e passar roupas deve ter seu espaço garantido, ou seja: tanque, máquina de lavar roupas, varal e a eterna tabua de passar. Se quiser optar pela máquina de secar, não dispense o varal. A máquina de secar é boa amiga em época de chuva e frio, mas gasta uma bela porcentagem no consumo de energia elétrica.


03 - Tanque:

O tanque pode ser embutido, com coluna ou suspenso. De inox, louça ou PVC. O que é bonito de se ver pode não ser exatamente o que você precisa, mas o bonito também pode ser útil. Novamente... avalie suas necessidades!

Na hora de escolher o tanque, pense no seu ritmo de vida e no espaço disponível. O de cerca de 45cm de largura pode ser uma boa para um rapaz solteiro que não sabe bem para que isso serve. Um tanque duplo é legal para quem tem espaço de sobra e família grande. Mas, de forma geral, o de cerca de 60cm resolve bem e se encaixa em quase todos as lavanderias. De inox ou louça, embutido ou com coluna, é questão de bolso e estilo, o essencial é ser útil para você.


04- Máquina de lavar roupas:

Hoje existem diversos modelos e marcas para você escolher. As comuns podem ter ou não hélice central, ter abertura superior ou escotilha frontal, iluminação interna, filtro para pelos e fiapos, vários níveis de programa e variar quanto ao peso que suportam. Produtos  ecologicamente corretos oferecem menos consumo de água, energia e melhor desempenho.

Ainda existem modelos como a lava-seca que reúne dois usos em peça única, mas atenção, ajuda pelo fato de não precisar de duas máquinas mas, ela é naturalmente maior que a comum, por isso, trena nas mãos!

Para ajudar a escolher qual a capacidade de peso ideal da máquina que você precisa, segue a tabelinha abaixo que encontrei pesquisando por aí. Nas idas e vindas virtuais achei esse blog muito legal, só sobre máquinas de lavar roupas. Vale a pena conhecer.

 Para famílias de até 4 pessoas uma lavadora de até 9kg de capacidade é suficiente.
Se pretende lavar edredons com tranquilidade e eficiência, considere a tabela abaixo:

- Edredom / Capacidade da lavadora*
- Solteiro / 9 kg*
- Casal / 11 kg* ou 12 kg*
- Queen ou King / 14 kg* ou superior*
- Super king: Nenhuma lavadora doméstica.
*Lavadoras top load (abertura superior)

By blog: Roupa Suja se Lava em Casa (http://lavadorasderoupas.blogspot.com.br/)
Do Fernando Ricci

Independente do modelo, esteja sempre atenta(o) a Classificação de Eficiência Energética.


05- Varal:

Em apartamento ou casa é sempre o tendão de Aquiles . Ninguém quer a visita ou o vizinho espiando o que você acabou de lavar. Por isso, não se atenha ao modelo básico encontrado em grandes magazines de construção (nada contra o básico), mas investigue também possibilidades oferecidas por empresas especializadas que desenvolvem soluções sob medida de acordo com suas necessidades e o local onde você quer esconder o dito cujo.


06- Tábua de Passar Roupas:

Tem gente que gosta de passar todas as roupas em cima da mesa, um tampo de granito com recorte facilita passar peças maiores como os lençóis e toalhas e tira a bagunça da mesa de jantar. 

A tábua dobrável e retrátil é ideal para calças e camisas e fica escondidinha, camuflada de gaveta.

E ainda tem gente que prefere a velha conhecida tábua desmontável. Nesse caso, planeje um cantinho só dela dentro do armário ou pendurada na lavanderia, mas evite deixá-la encostada por aí, sujeita a passeios forçados pela casa, inclusive correndo o risco de cair no pé de alguém.


07- Além de eletrodomésticos e tanque, a lavanderia também pode dispor de um lugar para o cachorro, os hobbies preferidos (se você dispõe de espaço) ou um canto para material reciclável, uma atitude ecologicamente correta que vai fazer bem pra você e para o nosso planeta! 


08- Fazer uma lista dos itens que você precisa armazenar é um bom começo para definir o projeto de marcenaria: produtos de limpeza, aspirador, vassouras, rodos, baldes, escada, as coisinhas do seu bicho de estimação, roupas para lavar, roupas lavadas em espera e roupas passadas. Assim, cada coisa fica em seu lugar.


09- Marcenaria:

Nos armários, é sempre interessante ter espaços com suportes para guardar rodos, vassouras e as prateleiras para material de limpeza. Um cabideiro instalado acima da bancada permite pendurar camisas logo depois de passadas. 

Aproveitar o espaço disponível é fundamental!!!

Os cestos aramados para roupas sujas ou a espera de serem passadas: com abertura basculante ou sobre corrediças, mantêm o ambiente organizado.


10- Se você curte a lavanderia numa linguagem mais descontraída, armazenar os produtos de limpeza em peças aramadas de parede ou usar aquelas estilo prateleira, deixa tudo organizado e os produtos arejados.


11- Geralmente, mas não obrigatoriamente, as bancadas e os armários da lavanderia seguem o mesmo tipo de acabamento da cozinha: armários revestidos com laminado melamínico e bancadas de granito ou material sintético.


12- Nas paredes: cerâmica, laminado melamínico, pastilhas, granito fazem bonito e são práticos. O mesmo conceito vale para o piso.

13- Torneiras, misturadores, acabamento para registros, são os metais necessários neste ambiente. As linhas cromadas são as mais recomendadas, pois possuem mais resistência à gordura e produtos abrasivos.

Organização e operacionalidade são uma constante nas áreas de serviço mais modernas. Planejadas para facilitar o dia-a-dia, os projetos não deixam de lado sua beleza. Inspire-se e torne o trabalho pesado menos sofrido com um ambiente agradável pra você.

E você pensa que acabou?...




Claro que eu não poderia encerrar este post  sem dar uma passadinha pelo mundo do design!!! Nada mais apropriado que o danado do prendedor de roupas tão necessário e imprescindível. 

De cara nova, o prendedor multiuso de Taciana Abreu e Marcela Albuquerque.  


Do escritório Ziskemdesign, outra leitura superinteressante do básico prendedor. Com cara modernosa émegablaster original não acha?


E para finalizar, da Yankodesign, prendedores diferentes e coloridos, um toque extra para 

Por hoje é isso! Comentários, pedidos sobre conteúdo e dúvidas, poste nos comentários vamos construir juntos nossa casaa!!!

Beijos, beijos







Palavras do Coração

A lei de Murphy e um texto sem pé nem cabeça

julho 22, 2015

PALAVRAS DO CORAÇÃO

Óh gente! Essa tal Lei de Murphy é sacanagem pura e adora fazer parte da minha vida. No início do mês postei o Editorial de Julho (clique aqui) falando sobre postar todos os dias aqui no blog e aí o que acontece??? Falho quase um mês postagem...hahahaha! Vamos rir para não chorar! Vamos dar as mãos e caminhar calmamente sem sofrimento e auto cobrança! É isso pessoas, ficar sofrendo pelo que não tem remédio não é muito inteligente, né não?


A vontade é mãe dos sonhos e minha vontade é sim, postar muuuuito mais por aqui, porém a vida é mucho loca e geralmente não concorda em tudo com a gente...rsrs. Então vamos rir junto com a vida e seguir em frente, fazendo sempre o melhor e o que está ao alcance de nossas mãos.

Hoje estou escrevendo no Palavras do Coração. Ando sentindo falta de papear com vocês sem compromisso de tema ou conteúdo, e vou dizer uma coisa! Férias escolares com sobrinha em casa é loucura total. Tem dia que preciso me esconder para trabalhar e tem dia que ela está super de boa e nem aí para mim! Vai entender! Mas, se não é ela pedindo 835 vezes para brincar é a dog Bellezura pedindo um chamego. Como é bom ter esses momentos de carinho despretensiosos!

As coisas na minha vida estão em fase de adaptação. Tentando encontrar uma solução para as dores, que se fossem da idade ainda vá lá....rsrsrs, mas já faz tanto tempo que me atormentam que já estou quase dando nome para as dita cujas!! Trabalhando e morando em cidades diferentes, buscando novos caminhos... e enquanto escrevo, a Bellinha estaciona ao meu lado, enruga a testa, levanta as orelhas meio dobradinhas e faz aquela cara de “me dá atenção, quero colo, quero cafuné, o que vier eu topo”! Eu aguento????

Eu tento horrores tirar fotos dela, mas é só um objeto não identificado ser colocado na frente da criaturinha que já era!! Ela abaixa as orelhas na hora e faz cara de medo. Cutuco, falo, faço barulho, mas nunca dá tempo do clique, ela vira a cara e sai andando, não quer nem saber daquela coisa olhando para ela. Frustração total! 

Mas, estou me sentido bem com a vida e com as coisas a minha volta, apesar de nem tudo estar do jeito ou no momento em que eu gostaria. E quero continuar assim, construindo novas atitudes, novos pensamentos, novas escolhas, mesmo que incomode pessoas, quero levar a vida da maneira que acredito! Gostou? Belezinha, vamos nessa comigo! Não gostou? Escolha seus próprios caminhos e você vai descobrir que julgar ou rotular, não vale o tempo que isso te custa! Vamos cultivar bons momentos!!!!

Acho que esse texto ficou meio sem pé nem cabeça, não ficou não? Um começo sem meio, um meio um tanto bagunçado e agora um final sem muito sentido... coisas confusas de um coração cheio de palavras! Beijos, beijos, beijos!!!! 

Gostou do blog? Assina a Newsletter e receba no seu e-mail todas as postagens!!!

Arte e Design

O grafismo de Martin Satí

julho 15, 2015

ARTE & DESIGN

"Martin Sati, ilustrador e designer residente em Sevilha, Espanha . Abriu seu estúdio em 2006, focado em direção de arte e ilustração. Estudou Belas Artes na Universidade de Sevilha onde desenvolveu técnicas de pintura e desenho tradicionais.  Completou sua educação formal na Universidade de Winchester, Reino Unido, onde se especializou em design contemporâneo, o que explica seu estilo, que tende a combinar abordagens clássicas e inovadoras ao produzir seus trabalhos." (conteúdo by site oficial – Martin Satí).

Aqui estou novamente com mais um conteúdo dentro do tema Arte e Design. Durante 2015 venho trazendo para vocês artistas que me tiraram o fôlego e me encantaram com suas cores e extraordinárias formas e técnicas. 


Hoje, o cara da vez é Martin Satí, espanhol que surpreende com sua criatividade e ousadia! Gente, vocês já devem ter percebido o quanto me encanta as cores e o bom humor na criação, e o post de hoje não foge ao ritmo. 

Depois de uma breve introdução sobre a estrela do dia, vamos rapidinho para as imagens. E vamos ver se você, como eu, também não vai ficar de boca aberta e olhos arregalados ao conhecer o trabalho dele!


Martin Satí é um artista moderno que se utiliza de tecnologia de ponta como ferramenta para suas criações em design gráfico. A escultura acima é um belo exemplo, composta de partes mutáveis que se adaptam ao ambiente de diversas maneiras, provoca a interação e a curiosidade do espectador. Se esbarro com uma obra desse tipo na rua, vou querer saber do que se trata na hora e ainda vou tirar zilhões de fotos... 


E você achava que conhecia de algum lugar essa linguagem, né não?!! Pois então, Martin Satí transforma coisas simples de nosso dia a dia em objetos criativos, com muita cor e bossa! A arte acima foi para o MCDonald’s & Fifa Word Cup!



Olha só que lindas! São peças grandes, pintadas graficamente com elementos decorativos. Luminárias de parede maravilhosamente encantadoras. Cho-quei... com tanta beleza!!


Formas e cores em pleno movimento, parece até que uma onda multicolorida e surreal pode sair da tela e invadir a vida real! 



E claro, como design, para deleite da galera, móveis cheios de leveza e delicadeza! Pura arte!



A ilustração acima foi criada apenas com chocolate. Desenvolvida para uma campanha publicitária em parceria com a agencia Lola Madri: campanha sorvete Magnum.  Nem dá para imaginar como foi que ele trabalhou para obter um resultado tão deliciosamente impecável!!! 




Adoro todos os trabalhos dele! Mas, as criações gráficas com rostos são os meus preferidos!!!



Tem muita coisa para ver, o site oficial está recheado de imagens e o blog também! Eu fiquei extasiada e não canso de olhar para tanta coisa bonita! Um mundo novo, uma versão da arte que foge ao tradicional e mergulha a alma da gente em um universo paralelo de cores e formas, quase um transe!

Quer ver mais? Clique aqui  para navegar no site oficial e descobrir mais um tanto de coisa legal que não deu para postar!

E para encerrar um pensamento by Martin Satí:


"I believe and I want to think that all important things in life are circular"


Gostou do artista de hoje? Tem alguma sugestão para as próximas postagens? Poste nos comentários e participe da nossa “casaa”!!!

Beijos, beijos!!!

Arquitudo

O projeto da casa dos seus sonhos

julho 08, 2015

DIÁRIO DE OBRA

Por onde começar? O primeiro passo você deu quando começou a sonhar, desejou a casa, o jardim, uma linda vista e a tranquilidade da sua família. O que veio depois foi suor e dedicação e se estamos no post de hoje é porque a primeira etapa do trabalho duro já foi e, agora, você tem em mãos a materialização da primeira fase: o terreno.

Se você contratou um profissional para a escolha final do terreno, significa que muito papo sobre seus desejos e outro tanto de cafezinhos já rolou e é com essa sinergia em andamento que as coisas vão deslanchar.


Lembra-se das listas propostas no post “Como escolher o terreno para a casa dos seus sonhos”? Pois é, o conteúdo delas já é Íntimo do casamento cliente x profissional e agora é hora de somar outras tantas informações importantes.

- Estilo: passear pela cidade fotografando o que agrada e surfar pela internet em busca de imagens do que é legal e do que você não gosta ajuda a construir um caminho sobre o estilo da sua casa. Vale lembrar que em algumas situações, o arquiteto foi escolhido justamente pelo seu próprio estilo.

- Entrevistas: tenha quantas forem necessárias para que o profissional fique a par de seus desejos. Alguns se utilizam de questionários para organizar a conversa e não se esquecer de nada, outros preferem apenas o bate papo. O importante é que a cada troca de ideias que parece despretensiosa e comentários soltos podem dar um novo rumo ao projeto ou trazer à tona uma boa solução.

Mas, atenção, para que você não se sinta frustrada(o) ao perceber que nem tudo é possível, é importante ter consciência de que existem diversos limites com os quais o profissional terá que lidar (dimensão do terreno, topografia, leis de zoneamento, recuos, área de ocupação, circulação interna, insolação, ventilação, investimento disponível) e por mais que você deseje determinada solução, em vários momentos terá que fazer escolhas.  Por isso, a importância de hierarquizar suas necessidades.
Para entender melhor o processo do projeto é legal conhecer a ordem das coisas e seu conteúdo:


01- Programa de necessidades ou brifing:

É o resultado das conversas, reuniões e entrevistas entre cliente e profissional do qual sairá uma lista de necessidades (programa) e que dará início ao desenvolvimento do projeto. Se o profissional foi contratado depois da compra do terreno, é agora que os dois serão apresentados (profissional e terreno).


02- Estudo preliminar:

Com base no programa de necessidades, o profissional fará um primeiro estudo com plantas e croquis (sem cortes e detalhes) para uma nova conversa. Neste momento, serão discutidas questões como área de ocupação, volumetria, materiais e se o caminho escolhido é o que você imaginava ou se é preciso fazer alterações. Avalie com calma, estude o que foi apresentado e faça perguntas. Ao passar para a próxima etapa é importante ter certeza do que se quer. Alterações posteriores implicarão em tempo extra não computado e mudanças em vários níveis do projeto. 



03- Anteprojeto:

Com base na aprovação do estudo preliminar, o projeto evolui e, além da planta revista, serão apresentados os cortes, estudo de cobertura e fachadas. Em alguns casos podem ser fornecidas também maquetes e/ou perspectivas, imagens 3D ou maquetes eletrônicas que devem ser acordadas no contrato, pois podem gerar custos adicionais.

Essa é a etapa em que outros profissionais entram em campo para desenvolver projetos complementares como fundação, estrutura, elétrica e hidráulica.
Mais uma vez, esteja segura(o) do que quer, daqui para frente cada pequena alteração pode acarretar outras tantas em cada nível acima discriminado. Tempo também é investimento e quanto mais alterações, mais retrabalho em projeto e consequentemente na execução, dinheiro que, no final da obra, será computado como fora do orçamento previsto.



04- Projeto Legal:
Plantas e cortes necessários para apresentação e aprovação na prefeitura de acordo com exigências do órgão competente. É através deste documento que haverá comprovação de que recuos, metragens mínimas, aberturas, pé direito, área ocupada e gabarito estão de acordo com o mínimo especificado por lei.



05- Projeto pré- executivo:
Para aprovação de detalhes, acabamentos e materiais antes de iniciar os desenhos finais.
Nessa etapa também pode considerar os projetos complementares (geralmente desenvolvidos por especialistas) como TV, som, telefonia, sistema de segurança, automatização, ar condicionado, iluminação e paisagismo. Vale lembrar que todos se interpõem, o planejamento é fundamental. E para um resultado satisfatório e organizado, todos eles devem entrar, cada qual com suas necessidades e exigências, antes do executivo.


06- Projeto executivo:
Incorpora os projetos de hidráulica e elétrica, define paginação de pisos e revestimentos (são os desenhos que definem por onde começa a instalação dos pisos e revestimentos e onde estarão os recortes), texturas, caixilhos, forro, cores e demais detalhamentos necessários para a execução. Juntamente com o memorial descritivo (que aborda o quantitativo) deve ser seguido à risca. 
Aqui, todos os profissionais comentados no item anterior estão em pleno ajuste final.

Com tantos itens em andamento, ter conhecimento para administrá-los na ordem correta, ou em muitos momentos, simultaneamente, é fator primordial para uma obra organizada, com custos controlados dentro do orçamento e o cronograma em dia. 

Não se assuste, mas também não subestime as complexidades de uma obra. Organize-se e dê ouvidos ao profissional ou profissionais envolvidos, eles conhecem as consequências da pressa não planejada e as vantagens da paciência organizada.

Você tem dúvidas? Quer comentar sobre sua experiência com a construção da sua casa? Poste nos comentários!

Beijos, beijos!!!

05- O projeto da casa dos seus sonhos (você está aqui)





Editorial

Editorial de julho 2015

julho 01, 2015

SOBRE O BLOG

No inicio do ano postei falando sobre o que eu pretendia durante o primeiro ano da nova versão do blog. Muitas expectativas e vontades se delinearam durante minha jornada sobre meus sonhos para o ohedecasaa em 2015. Consciente de que a viagem nunca chega a um destino definitivo, assumi que, apesar do caminho estar bem sinalizado, ele não poderia ser uma rota fixa. É mutante, sempre! Porém este ano, mais do que nunca.


Estamos encerrando o sexto mês do ano. O meio do caminho de 2015. A vida vai passando e a gente correndo atrás dela. Tenho me envolvido muito com formas diferentes de organização, de como usar o meu tempo e de que maneira distribuir minhas tarefas de forma mais produtiva. Mas sempre que acho ter encontrado um formato que funciona para mim, alguma coisa sai fora do eixo e bagunça tudo novamente. Logo eu, virginiana e organizada por natureza, sendo engolida pelo relógio descompensado. Eu não desisto!!!

Ando meio neura em transformar o meu tempo perdido (que não é meu, já que perdi), no “meu” tempo produtivo! Esse sim, quero só para mim! Estou precisada gente, é coisa demais e eu sou uma surtada das multitarefas, não consigo trabalhar em uma coisa só e aí é que o trem bagunça! 

Quero fazer o blog crescer e acho que para isso, preciso estar constantemente me atualizando e aprendendo. Venho pensando e estudando formas de melhorá-lo. Acredito que o primeiro item é or-ga-ni-zar!!! 

Estou testando uma planilha super legal lá do blog Sernaiotto , criado pela Loma. Encontrei o blog dela sem querer e adorei! Também curto o Vida Organizada, que já é um tipo de “Papa” da organização. A Thais Godinho é conhecida na internet através do blog e por seus livros sobre o assunto.

Gosto de pesquisar por aí e seguir blogs legais que estão dando super certo. Vocês me verão falar muito sobre eles, pois também acho que, falar sobre o que curto faz parte do que o blog é. Afinal de contas, o blog sou eu!!!

E agora, depois de escrever um pouco sobre o momento emocional pelo qual estamos (eu eu  blog...rs) passando. Vamos ao próximo conteúdo:

Frequência das postagens

Uma das primeiras mudanças é postar todos os dias. O blog tem 9 temas fixos que se alternam nas postagens:


São conteúdos diferentes que se complementam de alguma maneira. E por conta dessa enorme amplitude de assuntos, comecei a sentir necessidade da postagem diária. A intenção é eliminar a distância entre conteúdos divididos, como por exemplo, o “Diário de Obra” (Arquitudo). No “Diário de Obra” falo sobre assuntos específicos ao tema, em determinada ordem e durante várias postagens. Postando em dias alternados ocorria um vácuo de tempo grande demais entre os assuntos que possuíam continuidade. E acho que agora, as coisas podem fluir melhor!

 Entenderam? Sem organizar muito bem a vida, fica difícil dar conta do recado. Escrever conteúdo para todos os dias é tarefa deliciosa, mas demanda tempo e hoje, o blog não é meu meio de sobrevivência, por isso, minha intenção é essa, mas as vezes a falha pode acontecer e espero, de coração, que vocês entendam. A intenção é postar o máximo possível!


Datas especiais
Outra coisinha da qual venho sentindo falta é dar atenção às datas comemorativas.  Nosso ano é marcado por muitas delas e várias são importantes demais para serem deixadas de lado. Não tenho intenção de abrir uma discussão sobre consumo e comércio. Quero apenas lembrar, da forma mais positiva possível, dos momentos que podemos compartilhar com os amigos e a família: o melhor das emoções! Por isso, a dita cuja (e santa) planilha da Loma veio para dar um help! Programar, preparar, planejar, organizar! Para dar tempo de fazer tuuuudoooo!!!!!

Resumindo: Postagens diárias e conteúdos voltados para datas comemorativas marcarão nossa primeira mudança de rumo na embarcação ohdecasaa!!!! Terra a vistaaa!

E por hoje já escrevi demais! Gostaria de contagiar os leitores com a mesma intensidade que me contagio quando me animo e me esforço em fazer o melhor! O blog é uma realização pessoal, mas é feito para você! Não vamos esquecer a reza do blog: compartilhar e dividir!

Dúvidas? Sugestões? Participe o blog, deixe seu comentário! 

Beijos, beijos!!!

Ôh de Casaa!! Store

Manifesto

Manifesto
Comprar de quem faz...

Instagram