Palavras do Coração

Santo Antônio no século XXI

junho 05, 2019

PALAVRAS DO CORAÇÃO


Cá estou novamente pensando sobre o nosso querido Santo Antônio, santo sofrido e maltratado pelas moçoilas desesperadas e um tanto indignadas com a falta de retorno do santo casamenteiro mais ocupado do universo, se Santo Antônio fosse o chefe de uma repartição pública, com certeza teria a lista mais gooooorda de funcionários do céu, e em junho, muuuuuuitos temporários extras...hehehehe.


Estava eu e meus botões batendo um papinho animado sobre a dificultosa missão de Santo Antônio, não deve ser fácil levar tanta bordoada, ser afogado, chantageado, enterrado e sei lá o que mais a imaginação dessa mulherada desesperada pode inventar. Mas será que os novos tempos não estão trazendo ares mais leves para o melhor amigo das encalhadas?  Afinal de contas, o feminismo está aí e muitas mulheres já descobriram que não dependem da presença masculina para ter uma vida plena. 

Claro que uma vida a dois é enriquecedora e importante em vários aspectos, mas não é preciso viver a neurose da tia encalhada né?!  Acho que Santo Antônio deve “di tá” fazendo uma baita campanha pela conquista feminina neste mundão de Deus, afinal, vai rolar uma folguinha pra ele e, quem sabe, umas férias? Mais do que merecidas né não?

Aliás, pensando nas possibilidades dos novos tempos, porque não abrir um departamento para os rapazes, tão ressentidos quantos as moças, por não encontrarem sua alma gêmea? Direitos iguais néééé??!!!! Iche... mais trampo para Santo Antônio, o dó!!! Rsrsrs


Tudo bem que a ala masculina não curte muito admitir a falta feminina em suas vidas, mas arrisco, sem querer arrumar um dilema profundo, que o departamento dos corações solitários dos meninos, no momento, pode estar tão “precisado” ou mais, quanto o das meninas! Tempo confuso e de muitas transformações, eles nem sempre se sentem confiantes em relação aos conceitos feministas, aliás, a maioria nem sabe bem o que isso significa, ops, na verdade, nem a própria mulherada está tão bem informada quanto deveria! É... pois é!


Eu mesma passei a entender melhor o conceito faz só um “téquinho” de tempo. Imaginava que o Feminismo seria irmã gêmea do Machismo... só que não. Se assim fosse, teríamos uma guerra hor-ro-ro-sa entre os sexos... não né!? Coisa sem lógica, sem pé nem cabeça. Mas falar de forma detalhada sobre tema tão atual, seria um tanto cansativo para este meu texto meigo sobre o nosso amigo Antônio, Santo dos corações transbordantes de amor. Por isso, para honrar o tema, continuemos a escrever sobre amor... 

Claro, o feminismo fala sobre amor! Você não sabia? Nem eu, e acho que nem Santo Antônio estava tão atualizado! Olha só, amor encontra sinônimo em várias palavras: 

Respeito - Carinho -  Igualdade - Direitos = Feminismo!!! 

E aí você me pergunta: tem certeza disso? E eu, super solicita, digo: Claro!!! E vou resumir...


Respeito: Quem ama respeita opiniões, escolhas, fraquezas, qualidades (não as enxerga como algo negativo, ou motivo para disputas – no caso das qualidades) 

Carinho: Quem ama abraça, acarinha, aceita, apoia, fortalece; não repele ou diminui.

Igualdade: Quem ama entende que capacidade, eficiência, competência, talento, inteligência são qualidades e conquistas pessoais jamais definidas por gênero, cor, raça ou qualquer outra coisa. 

Direitos: Quem ama compreende que direitos e obrigações têm o mesmo peso para todos, meninos e meninas (nascidos prontos ou por escolha do coração e da alma)

Entãããããoooo é isso Santinho querido! Feminismo é ter o moço e a moça em pé de igualdade, ao invés de alimentar a ação de um subjugar o outro. Sei que o Senhor é mega ocupado e que chegou a pensar que “irias tirar umas fériazinhas das boas”, mas óh.... vai rolâ não...hehehe! Pelo jeito, vem mais “surviço” por aí. Muitos novos departamentos sendo abertos e um aumento considerável de funcionários dedicados ao amor! O negócio é se adaptar ao novo milênio, abraçar as mudanças e ser feliz!!


É  Santo Antônio no século XXI !!!!!!
Beijos, beijos!!!


Ôh de Casaa!! Store

Manifesto

Manifesto
Comprar de quem faz...

Instagram