Férias para Santo Antônio

junho 11, 2015

Palavras do Coração

Junho é mês dos namorados, Santo Antonio e São João. Se você passou o dia dos namorados com alguém legal, beleza! Se passou pensando em afogar Santo Antonio na bacia d’água desencana, eu o afoguei no açúcar e ele nem tchun para mim....rsrsrs. E pensa que a desesperada sou eu? Nãninãna... A avó da sobrinha foi quem andou meio neura com o assunto. 


Um dia chegou com a maior cara de nada (estilo paisagem zen) e me disse que tinha trazido um presentinho para mim. Obaaa!! Pensei. Fala logo, não enrola não... sacanáge, hein!!! E aí, ela tira da bolsa um pacotinho com o tal do santinho! Dei muita risada, mas ela falou tão sério, que parecia ter descoberto o segredo da juventude. Mandou-me colocá-lo de cabeça para baixo em alguma coisa e no dia certo, fazer um desejo. Fiz gente! Rsrs. Vai que ela resolve dizer, para o resto da minha vida, que não arrumei o cara certo porque não fiz o vuco vuco da simpatia!

Mas, fiquei com dó do santinho e achei mó sacanagem afogá-lo. Deixei –o numa xicarazinha fofa, entalado no açúcar! Segundo ela, ele tinha que ficar atolado lá até o desejo se realizar. E Aí... Óh... Ou eu não pedi com tanta dedicação quanto deveria, ou o santo das(dos) encalhados(as) é viciado em doce... Né?! Kkkkk. No final das contas, o coitadinho ficou lá esquecido e virou decoração de cabeceira: uma xícara e dois pezinhos! 

Quando comecei a arrumar as coisas para a mudança, olhei para ele e lembrei qual era a missão frustrada daquela xícara com pés. Achei mais seguro perguntar para a chefona da simpatia se eu podia dar um fim naquela situação tão constrangedora para o Santo e tirá-lo de lá, vai que precisa fazer alguma versão de retirada do pedido! Não sei em qual dia eu me diverti mais, no dia em que ela chegou com o dito cujo, ou quando ela se viu tendo que aceitar a vida como é! 


Isso aconteceu nos idos de 2011 e o coitado ficou mais de um ano meditando com a cara no açúcar. Quando decidi tomar a decisão caridosa: encerrar a vida açucarada do santo; peguei nos pezinhos achando que seria só puxar e boa....hurrum... Puxei e veio... o pé junto com o açúcar.  O santinho estava quase fossilizado naquele torrão. Oh dó! Depois dessa, coloquei-o para morar no jardim e acabar seus dias em meio à natureza (limpei antes tá!?). Será que assim fizemos as pazes? 

E hoje, já conformada, ela nem fala mais em santo nenhum! Ufa...rs. Acho que já entendeu que a vida é como é, e que, tudo tem seu tempo. Se estou numa boa, ela também pode ficar e não esquentar os neurônios com isso. Afinal de contas, para ser feliz com alguém você tem que aprender a ser feliz sozinha (o) primeiro, e eu já suplantei os sonhos da adolescência. Quero mesmo é ser feliz e acho que não existe receita para a felicidade, mas também acho que talvez seu maior segredo seja: viver bem e no bem, com a vida que você tem!

Ah! E vamos fazer jus ao São João também né pessoas, afinal de contas, se torturar o Santo Antonio ainda for de eficiência duvidosa, aproveita que São João é o santo festeiro e mergulha no clima, quem sabe rola um cowboy caipira ou uma cowgirl estilosa na sua horta orgânica? Rsrrs. 

E bora curtir todas as datas do melhor jeito possível. Eu... vou me dar um presente de dia dos namorados, afinal de contas, eu me amo e não vivo sem a minha pessoa. Vou comer comida de festa junina lá na praça da igreja (cidade pequena é assim bem!) e quanto ao nosso amigo “Antonio”: que esteja com os anjos, e se depender de mim, curtindo fériaaaaaas!!! Ele merece!!!!

Beijos, beijos!!!



You Might Also Like

0 comentários

Ôh de Casaa!! Store

Manifesto

Manifesto
Comprar de quem faz...

Instagram