Palavras do Coração

O que tem para hoje?

junho 20, 2018

Palavras do Coração

Sempre comento que precisamos valorizar as coisas e pessoas que já fazem parte da nossa vida. Que é um tiro no pé gastar nossa energia e fósforo sofrendo ou pensando no que ainda falta. Mas, vamos admitir que de vez em quando a gente sente uma certa agulhada no mitológico tendão de Aquiles. O dito cujo, representante impetuoso do sindicato dos pontos fracos, adora atiçar nossos neurônios no que diz respeito aos assuntos mal resolvidos.


É claro que assunto mal resolvido é ferramenta afiada e dolorosa. Quem é que não gostaria de uma chancezinha para pontuar os “is” e deixar tudo claro, explicado e encerrado?

O difícil é aceitar que nem tudo está ao nosso alcance. Decisão e escolha têm duas vias. Toda pendência é linha de duas pontas. Na sua você faz nó, laço, o que bem entender. Mas, na outra ponta tem um container de opiniões abarrotado de pontos de vista diferentes dos seus.

Se a pendência é um mal entendido com uma amiga, uma pisada de bola de um ex qualquer coisa ou alguém que ficou na sala de espera da sua vida; no final das contas, não importa muito. A questão mais importante é como lidar com essa pendência morando dentro da sua cabeça, ocupando cada minuto livre do seu dia e disputando espaço e atenção com o resto da sua agenda.

Eu deveria dizer que ocupar a mente e seu tempo com coisas importantes para você seria uma boa solução. Exercitar chutar para longe cada pensamento insistente e sem utilidade, também poderia funcionar. Mas, como sugerir algo que nem eu consigo fazer?

Desde menina nunca gostei de assunto mal resolvido. Para conseguir encerrar o capítulo e virar a página, sempre precisei ir em busca da solução. Nunca tive receio de bater na porta e dizer: Olha, a questão é a seguinte... E ouvir da boca da pessoa o que ela deveria ter dito quando era o momento, mas preferiu dar ração ao bicho medo e se encolheu.

Infelizmente, a maioria das pessoas prefere fugir depois de um atropelamento de coração, é mais fácil e não precisa oferecer atendimento de emergência. Com B.O. ou sem ele, o fato é que às vezes você tem que aceitar o que tem para hoje, do jeito que o momento é, ao invés de sofrer pelo que não pode ser mudado.

A coragem pode nascer com você ou precisa ser cultivada, mas acho que viver com coragem deixa você mais perto da felicidade real. Não aquela felicidade ligada ao tamanho do seu salário, ao carro novo, as roupas de marca ou a casa no condomínio mais chique da cidade, mas a outra, a tal que você tem aí dentro e que só depende de você, que te ajuda a encarar seus medos e inseguranças apenas quando eles estão diante de você, ao invés de matar o coitadinho do peru na véspera. Uma amiga um dia me disse, “não decida sua vida baseada no medo”. Para que fugir?

A falta de coragem alheia incomoda porque é difícil de entender o que é tão assustador para algumas pessoas dizer o que pensa olhando nos olhos e ouvir o que o outro tem a dizer. 

Mas, como a coragem que não vem de fábrica, precisa ser cultivada e cada um tem seu próprio tempo, temos duas opções:

1- Continuar sofrendo pela falta de “The End” no final da página e culpar o outro pelo que ele não fez;

02- Ou, deixar que o tempo tire da pendência a força que a faz se manter viva e incômoda, e aproveitar a coragem e energia que mora dentro da gente para seguir nosso caminho. 

Sua felicidade não pode depender de outra pessoa, pois essa seria uma enorme injustiça do Universo.

A verdade é a seguinte:
Felicidade é busca interior, aprender a ver e viver a vida de um jeito que valorize as coisas boas e descobrir como aprender com as dificuldades é sabedoria. Para você chegar lá é bom ter dedicação, energia, e não sofrer quando errar, fazer melhor na próxima é mais inteligente. Aceitar a vida como ela é e realizar o que estiver ao seu alcance para mudar aquilo que não te faz bem, faz parte do pacote. E quando você chegar, sentindo-se bem com sua vida, apesar das dificuldades, você estará sendo apresentada à Dona Felicidade, diga que é um prazer conhecê-la e que há um espaço na sua vida exclusivo e de honra para ela. E quem vai estar ao seu lado nesse momento? Provavelmente todos os corajosos... qualidade é melhor que quantidade.

Beijos, beijos!!

Decoração

Decoração de ambientes conjugados: como integrar bem seus elementos?

junho 19, 2018

Decoração

Saiba como deve ser feita a iluminação dos ambientes integrados no seu apartamento!


Realizar a decoração do apartamento ou da casa não é tão fácil quanto parece, é preciso ter muita paciência e tempo para que fique tudo do jeito que sempre quis e sonhou. Isso se torna ainda mais importante quando os cômodos são pequenos e limitados, sendo necessário abrir mão de alguns objetos decorativos na sala e nos quartos. Entretanto, é possível integrar os ambientes e utilizar a decoração ao seu favor para que fiquem em perfeita harmonia. Muitas imobiliárias em Curitiba já oferecem este novo conceito que está dominando o mercado brasileiro.

Comece o projeto pesquisando algumas referências no setor de design de interiores e traçando ideias, neste momento é essencial entender as necessidades atuais da família. Para isso, converse com cada um dos moradores da casa e anote os principais itens para que possam ser avaliados. Em seguida, monte um planejamento para o seu projeto, cite todos os materiais e custos, além do tempo previsto para finalizar a reforma. Após finalizar está etapa, é hora de começar de fato a decoração! Continue lendo o artigo e confira todas as dicas que separamos exclusivamente para você! Arrase no visual do imóvel!

Salas e varandas conjugadas

A integração da sala de estar ou jantar com a varanda é muito comum em aluguel de casas Curitiba, cada vez mais as pessoas optam por unir os dois espaços em busca de conforto e praticidade. Conheça algumas vantagens e se encante junto com a gente!

Ampliação da sala de jantar: Sem dúvidas é o principal ponto positivo, já que aumenta a área de circulação e permite utilizar móveis mais elegantes e sofisticados. É um fator muito importante para quem costuma receber visitas durante os finais de semana, afinal conforto nunca pode faltar; 

Multifuncionalidade da varanda: Certamente, este item também chama a atenção dos consumidores brasileiros. Mas, lembre-se, a decoração da varanda deve combinar perfeitamente com a do outro ambiente para que exista certa sintonia e aconchego. Procure manter sempre o mesmo padrão e cores.

Mas, também é possível encontrar algumas desvantagens, são elas:

Isolamento térmico: Pode ser considerado um ponto negativo pelos consumidores no momento de optar pela integração de espaços, visto que a sala tende a receber uma quantidade maior de luz natural durante o período da tarde. Entretanto, esse problema pode ser resolvido colocando um vidro especial e cortinas apropriadas;

Isolamento acústico: Outro fator importante é a falta de isolamento acústico, já que não existe uma separação nítida entre a sala a e a varanda. Sendo assim, todos s barulhos provenientes da rua podem ser escutados no interior do apartamento ou da casa.  

Integração da cozinha e sala de estar

A cozinha integrada com a sala de estar já dominou o mercado de design de interiores. Hoje em dia, é difícil entrar em um apartamento ou casa e que essa integração não tenha sido feita ou não esteja entre as principais exigências dos consumidores, uma vez que oferece maior espaço para cozinhar e permite cuidar das crianças e conversar com as visitas ao mesmo tempo. 

Mas para que isso seja possível não é necessário realizar uma grande reforma no seu imóvel e gastar muito tempo e dinheiro, basta utilizar alguns itens decorativos que cumprem muito bem essa função. Alguns deles são: disposição dos móveis, paleta de cores, revestimento, iluminação e flores e plantas. 

Neste caso, é fundamental manter a boa aparência dos eletrodomésticos na cozinha, uma vez que eles aparecem facilmente. Realize uma limpeza geral todas as semanas, retire todos os elementos que não fazer parte do ambiente e que podem acabar atrapalhando o visual.  

Iluminação dos ambientes 

As luminárias e as luz natural são um dos itens principais quando o assunto é decoração de ambientes conjugados, por isso merece toda sua atenção e cuidado. Lembrando que qualquer erro que ocorrer nesta etapa pode acabar comprometendo o resto do estilo adotado. 

Uma boa iluminação consegue deixar qualquer espaço mais aconchegante, moderno e elegante, basta saber escolher a mais adequada para cada situação. Sendo assim, dobre a sua atenção no momento de escolher a luz principal para a integração da sala de estar com a de jantar. É indicado que seja feita uma pequena composição com os três principais tipos de iluminação, direta, indireta e linear. 

A luz direta deve ser aplicada em locais onde é necessário ter uma iluminação mais forte e chamativa, os abajures podem ser excelentes. Já a iluminação indireta é utilizada como a luz geral do ambiente, podendo ser feita com lustres maravilhosos e cheios de estilo e personalidade. Por último, a linear, que serve para destacar móveis e acessórios importantes.

É fundamental ressaltar que todos os conceitos citados anteriormente podem ser aplicados em outros ambientes conjugados da casa, como quartos e varandas e salas e cozinhas. É preciso apenas saber identificar a importância de cada tipo de iluminação e como ela pode contribuir durante a decoração. Caso seja necessário, consulte um profissional experiente na área de interiores e arquitetura, com certeza ele poderá te orientar para que seja feita a melhor escolha sem fugir do orçamento inicial que tinha sido previsto. 

Além disso, existem alguns truques que ajudam a conservar os móveis e o piso para evitar o envelhecimento, como a utilização de cortinas adequadas. Elas ajudam controlar a entrada de luz natural durante o dia e a manter o ambiente em boas condições, já que é um dos principais problemas enfrentados pelas pessoas que estão em busca de um apartamento mobiliado para alugar Curitiba. O ideal é que seja utilizada uma cortina com forro encorpado, assim poderá segurar a claridade no momento de assistir televisão ou mexer no computador.  

Gostou do artigo? Continue acompanhando nossas postagens e saiba tudo sobre a decoração de ambientes conjugados, facilidade e praticidade para o seu dia a dia. Compartilhe em suas redes sociais, certamente irá ajudar muitas pessoas que possuem ambientes pequenos e limitados no imóvel!  

Post By  Mercedes Castelho 
Uma parceria Chaves na Mão

Decoração

Hall da Fama – Novidades da Simone Kremp

junho 18, 2018


Genteeee! Vocês lembram do cantinho de trabalho da Simone Kremp (leia aqui) que postei para inaugurar o Hall da Fama? Um cantinho muito legal e natureba que ela montou na sala para trabalhar, já que o escritório era pequeno para dois! Pois é, na primeira postagem trabalhei com um conteúdo que eu mesma produzi, mas, desta vez, foi ela quem me enviou o material. E agora o assunto é no estilo faça você mesmo.


A área de trabalho ficou maior para comportar os projetos de paisagismo, e olha as coisinhas legais em cima de mesa! Mas, o que ela enviou para o blog foi a peça que está na parede. Uma janela patinada com gravuras de flores... simples assim! Não ficou show??? 

Se você acha que precisa de muito sofrimento, elaboração, trabalhar por horas e gastar muito para um projeto DYI, olha aí uma ideia para lá de fácil e muuuuuito legal! Simplérrima de fazer e fica bem em muitas salas, escritórios, dormitórios e outros ambientes por esse mundão a fora! 

E você? Resolveu tomar coragem e fazer uma para sua casa? Conte pra gente!!

Beijos, beijos!

Ôh de Casaa!! Store

Manifesto

Manifesto
Comprar de quem faz...

Instagram